Cartas de Amor aos Mortos - Ava Dellaira


EDITORA: SEGUINTE
NÚMERO DE PÁGINAS: 344
Ano de lançamento: 2014
 

Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop ... apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era - encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um - é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.


Minha afinidade com a Laurel não foi imediata, ela foi me conquistando a cada carta, conforme ganhava confiança em si mesma, conforme amadurecia. Ela tinha May como exemplo de perfeição, no início do livro ela se compara com a irmã e se desvaloriza constantemente. O morte de seu ponto de referência, de exemplo de perfeição tumultuou muito seus pensamentos.

Com a escrita das cartas vamos acompanhando a reflexão de Laurel sobre a vida e a morte de alguns famosos em paralelo com sua própria vida. A escrita e reflexãos sobre as mortes a auxiliam na superação da morte da irmã.

A história é interessante mas o que mais me conquistou foi exatamente a forma como Laurel conversava e trazia informações em suas cartas.

Sou apaixonada pela seção de biografias das livrarias, quando entro em uma é pra lá que eu vou. Mesmo tendo lido poucas durante minha vida, é algo que me fascina, algo inexplicável. Gosto de conhecer/ler histórias reais, sou atraída para elas. E foi ai que Ava Dellaira me ganhou de vez, ao mesclar ficção e mundo real. 

Além disso, a história é repleta de referências musicais e cinematográficas incríveis, o livro te faz abrir o player e escutar cada música que foi citada.
Uma amostra das músicas incríveis que aparecem no livro:

39 comentários:

  1. Sempre ouvi falarem bem desse livro, e agora sabendo que tem a Amy... espero lê-lo bem em breve!

    Beijos,
    www.a-book-devourer.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Várias cartas da Laurel são para a Amy, e ela cita várias músicas, é bem lega, beijos.

      Excluir
  2. Já vi esse livro várias vezes para vender mas nunca li uma resenha sobre ele. Achei muito interessante e agora também quero ler... hahaha Gosto, também, da capa dele.

    =D
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é bem bonita mesmo, e transmite bem a ideia do livro. Beijos

      Excluir
  3. Estou apaixonada por essas playlists!
    estantedorefugio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila!

    Acho que a unica coisa que realmente me interessa nessa história são as referencias musicais e cinematográficas; mesmo que eu não seja fã todos os artistas (pelo menos os que eu vi até agora não sou fã de nenhum).
    Mas ainda não tive interesse em ler. Como eu disse em outro blog: quem sabe quando rolar uma boa promoção.

    bjs

    ~ Cantaremverso.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é eu tive interesse pelo título e pela capa, mas a história não me cativou muito. Como disse o que mais gostei foi a mistura de fatos reais e fictícios e as informações biográficas das cartas. Beijos

      Excluir
  5. Ola querida, tudo bem?
    Primeiramente tenho que dizer que é minha primeira vez aqui em seu blog e sinceramente gostei bastante de tudo que vi. Espero poder passar mais vezes aqui para ver suas resenhas e seu ponto de vista sobre os livros, porque é minha paixão. Agora quanto a sua postagem sobre o livro, tenho que confessar que até hoje ainda não tive interesse de ler esse livro. Ele ainda não me chamou muita atenção sabe?! Mas eu acho que uma hora irei dar uma chance para ler, porque todos tem falado muito bem dele e deve ser interessante essas cartas que contém com o passar das páginas.

    Enfim...

    Eu queria iniciar lendo algumas BIOGRAFIAS. Eu comprei um na Bienal da Miley Cyrus porque eu vi lá no estande, mas é a minha primeira. Se me agradar o jeito da escrita e narrativa e tudo mais eu vou ver se começo a dar uma chance para esse tipo de leitura. Enfim....Adorei sua postagem. Parabens linda, principalmente pelo seu blog viu?
    Espero que venha conhecer o meu cantinho e que tbm me siga para que possamos sempre visitar uma a outra. E pode contar comigo no que precisar =]]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi SIlvana fico feliz que tenha gostado do Porão da Liesel. Eu gosto bastante das biografias, mas também não li muitas. Em breve vou dar uma espiadinha no seu cantinho. Beijos

      Excluir
  6. Olá

    Este livro está na lista. Já li algumas resenhas bastante favoráveis ao livro e à narrativa e portanto já estou bem curioso, mas a leitura vai ficar mais pra frente porque tenho algumas prioridades. E adorei a playlist porque simplesmente conhecia a maioria das músicas e gosto bastante de cada uma delas. Só não sabia da existência de duas e até que curti. (Descobri agora que sou realmente muito eclético haha)

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus, a playlist é excelente mesmo. Um dia vamos ficar loucos com nossa lista de futuras leituras rsrsrs, beijos

      Excluir
  7. Oi Camila, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha e que bom que a Laurel foi te conquistando com o passar da narrativa. Tenho muita vontade de ler esse livro, só leio ótimas resenhas sobre ele. Não sou muito fã de livros narrados em forma de carta, mas esse chamou minha atenção, e quero ver como as cartas fazem a Laurel ter uma maior perspectiva da sua vida e de como superar a morte da irmã.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaella, com relação às cartas elas não são cansativas, são bem interessantes e descrevem bem a personagem. O livro não é cinco estrelas, mas sempre é bom ler para tirarmos nossas próprias conclusões. Beijos

      Excluir
  8. Oi Camila, tudo bem?

    Não gostei do livro. Foi bem difícil terminá-lo. Quase abandonei huahuahua Acho que é quase unanime de que ninguém gostou da Liesel desde o inicio. Comigo também foi difícil, mas por mais que as páginas fossem passando não conseguia gostar da personagem. Para mim ela só queria ser uma cópia da irmã. Depois que nào gostei da forma como o livro foi escrito. A ideia é até interessante, mas uma vez que ela estava escrevendo para aquelas personalidades, para que contar sobre a vida delas antes de falar dos seus problemas de adolescente? Vi isso como uma enrolação, sabe? Tipo: Kurt, você nasceu no dia tal, teve uma filha... ele já sabe, entende? Enfim, mas que bom que você teve mais sorte com Cartas de Amor que eu =)

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kel, entendo que ela quis fazer um comparativo entre a vida dos famosos e a sua para tentar através do que aconteceu com eles entender a irmã e a si própria. Entendi seu ponto, mas como eu gosto de biografias não achei esse aspecto ruim. Beijos

      Excluir
  9. Oiii,

    eu quero ler esse livro, vejo tanta resenha positivas e negativas que quero ler logo pra entender como se passa e ter minha propria opinião sobre o livro.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, é sempre bom tirarmos nossa própria conclusão. Beijos

      Excluir
  10. Oi Camila.
    Eu li esse livro, e tudo passou a fazer um sentido enorme depois que consegui fazer a relação das cartas para as celebridades e a situação de Laurel.
    A autora foi muito feliz quanto as referências musicais, perfeita.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty, no começo eu não estava gostando mas como você disse, aos poucos tudo vai fazendo sentido, beijos.

      Excluir
  11. Olá,
    Ainda não li esse livro, porém, tenho um pouco de vontade. Parece ser um livro que leva a reflexão através de suas referencias, por exemplo, ele já me ganha por falar de Amy e Kurt. Assim como você, adoro, e já li algumas biografias, inclusive uma do Kurt (Mais Pesado Que O Céu) e adoro esses livros, são histórias extraordinárias. <3
    Ótima resenha, irei sim ler o livro assim que possível. <3

    Att,
    decaranasletras.blospot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pedro, também adoro biografias e as cartas foram me ganhando aos poucos. Nunca li a do Kurt, no momento estou lendo a do Djokvic, beijos.

      Excluir
  12. Ao contrário de você, não me sinto atraída por biografias não, nas achei bem legal a autora ter misturado a ficção com alguns fatos reais, e a Laurel ter usado a vida de celebridades para refletir sobre a própria vida. Amo livros narrados com cartas e adorei ver a Laurel superando seus traumas à medida que as escrevia.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, também acho interessante, consegui conhecer bastante a personagem através das cartas, beijos.

      Excluir
  13. Quero ler "Cartas de Amor aos Mortos", mesmo que eu já tenha visto algumas resenhas que não são tão positivas assim, mas o fato de a autora ter sido original para mesclar realidade e ficção e falar de um assunto como a vida/morte já são suficientes para que eu tenha vontade de encarar a leitura, que deve ser muito reflexiva! <3 Adorei sua resenha, Camila! Adoro conhecer biografias tbm, ms só li uma inteira até agora :/
    Beijos!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tici, eu quis ler desde o momento que bati o olho na capa e no título do livro. Beijos

      Excluir
  14. Olá Camila,
    fico feliz que você tenha gostado da historia deste livro. Mas infelizmente ele não me cativou, e a historia me pareceu um tanto confusa, pois são cartas para os mortos, e muitos não conhecemos. Sim, eu já li outras resenhas e não gostei muito da premissa.
    Por isso que fico feliz em ver que você gostou, pois como digo, cada leitor é diferente do outro e cada um tem uma forma diferente de ver ou entender uma historia.
    Mas vou continuar a deixar esta leitura de lado. Agora a capa deste livro é realmente muito linda, impossivel não ficar babando nela.
    Parabéns pela resenha flor!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, eu conhecia a maioria dos destinatários, os que não conhecia fui buscar saber quem eram, sou curiosa. Os livros têm a capacidade de tocar cada um de uma maneira, e isso depende muito dos fatos de cada vida. A capa foi realmente o que mais me chamou a atenção. Beijos

      Excluir
  15. É muito bom quando rola essa identificação com o livro em vários aspectos. Mesmo tenso demorado, vc conseguiu entender a proposta da escrita da autora e ainda teve o bônus de te agradar na pitada de realidade embutida numa ficção. Eu não gosto de biografias, mas essas partes mais descritivas a respeito do "morto destinatário" serão importantes quando eu ler pra me situar, visto que não conheço muitos doa artistas citadoa.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom mesmo não é a melhor protagonista do mundo, mas aos poucos fui compreendendo ela, na verdade ela própria foi se compreendendo. Beijos

      Excluir
  16. Oie,

    Sou louca para ler esse livro! As biografias me atraem em certo ponto, eu gosto de saber da vida das pessoas, pois tem momentos que penso em fazer jornalismo, e gosto de historias reais, depois de eu ler poder ir pesquisar e saber mais sobre aquele fato! Mas depende da pessoa que a biografia se refere, algumas eu as dispenso, mas outras não, ah e a playlist, estou comentando nos blogs ouvindo ela hahah.

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se pensa em fazer jornalismo biografias são interessantes mesmo, até porque muitas delas foram escritas por jornalistas. Que bom que gostou da playlist, beijos.

      Excluir
  17. Camila
    Vivi a mesma experiência que você. A Laurel foi me conquistando pouco a pouco. Precisei refletir sobre a personagem para compreender suas ansias e quem ela era de fato.
    Um livro apaixonante e que traz informações muito legais nas cartas! Eu amei tudo :3

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é refleti bastante também, pois o que acontece no livro é uma situação comum. Uma adolescente se espelhando em alguém, e pra ela essa pessoa é perfeita, será?
      Beijos

      Excluir
  18. Para falar a verdade, a Laurel só me conquistou mesmo depois que eu terminei o livro e refleti sobre tudo. hahah
    Ao contrario de você não gosto muito de biografias, mas essa foi um parte importante no livro e que eu agradeci muito a autora, do contrario eu teria ficado perdida. E você tem razão, o toque de realidade que isso deu ao livro foi ótimo. Fez com que a história parecesse mais real. Ah, e claro. Todas as referencias musicais foram ótimas <3
    Não eram meus músicos favoritos, mas lembrou muito a minha fase de adolescente rs

    Beeeijinhos ;*
    Andressa - Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Dreeh, se a pessoa não conhece para quem a carta está sendo enviada e se além de tudo não tivesse nenhuma indicação sobre a pessoa também ficaria super perdida na história. Beijos

      Excluir
  19. Camila lindona eu quero muito ler esse livro mesmo lendo algumas críticas a protagonista . Quero ler essas cartas ao famosos isso me chamou bastante atenção na sinopse. beijos

    ResponderExcluir
  20. Sinceramente não sei se irei gostar da protagonista, mas pode ser que ela me conquiste como te conquistou ao longo da trama. Me parece uma leitura bem interessante.
    Adorei as músicas =)

    Beijokas ^^
    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com/

    ResponderExcluir
  21. Olá Camila!
    É engraçado, você foi a primeira pessoa a falar que gostou do livro. Veja como o gosto das pessoas são diferentes. Todas as resenhas que tinha lido, falava que o livro era confuso e que não gostou, mas você foi a agulha no paleiro, pois até agora é a primeira que fez uma resenha positiva.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela sua visita! Sua opinião é super importante para o Porão!
Deixe seu recadinho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...